Por que é importante cuidar da saúde bucal na gravidez!


Cuidados em dia previnem complicações e até mesmo um parto prematuro

Na gravidez as mulheres estão acostumadas com uma bateria de exames e consultas médicas. Mas não é só o corpo que precisa de cuidados especiais: é essencial fazer acompanhamento também com um dentista para evitar complicações e riscos para a mulher e o bebê.

As doenças periodontais, aquelas que afetam as gengivas, por exemplo, podem trazer graves consequências. “Existem estudos que relacionam essas doenças a partos prematuros ou até mesmo muito prematuros, antes das 32 semanas. Isso é muito perigoso pois coloca o bebê em alto risco”, explica o profissional.

As gestantes estão mais suscetíveis a desenvolver inflamações na gengiva por conta do aumento dos níveis hormonais do corpo nesse período, e a partir do segundo mês de de gestação já é preciso se atentar caso haja sangramento da gengiva, vermelhidão, inflamação e sensibilidades.

Apesar de ser importante fazer uma avaliação constante, o acompanhamento deve ser realizado desde o início da gestação podendo prevenir todos esses problemas e garantir uma boca saudável durante todos os nove meses.

“As consultas odontológicas devem fazer parte do acompanhamento pré-natal de toda mulher. Assim, é possível orientar em cada caso quais são os melhores cuidados e evitar quaisquer problemas”.

1 visualização0 comentário